28 de Abril, greve geral e a capital paranaense começa o dia frio mas com ânimos quentes

Descontentes com o governo federal e com as ações do presidente Temer e da base do governo no congresso nacional, sindicatos, associações e parte dos trabalhadores brasileiros organizaram nesta sexta feira dia 28 um manifesto geral em várias partes do país. A adesão será maior nas capitais brasileiras, em Curitiba o transporte público está paralisado, cerca  de 2 milhões de pessoas estão prejudicadas. Em Londrina também já foi registrado paralisações, em torno de 20 mil pessoas são esperadas no centro da cidade para o protesto, vários outros pontos do interior já se registra movimentações e paralisação. A reforma trabalhista, a reforma previdenciária e o aumento de impostos são os principais argumentos dos grevistas, além da situação e crise econômica que o país atravessa, responsável por quase 13 milhões de desempregados. A gestão Temer não é reconhecida por quase 80% da população brasileira, ele é visto como um golpista e presidente ilegítimo, e a pressão aumenta a cada dia que passa. Esta sexta feira será tensa e tudo vai ser acompanhado de perto pela imprensa nacional, durante a noite iremos contabilizar tudo que aconteceu no país.

Edição: Sertanejanews.com

Foto: Eliandro