Em Cornélio Procópio homem é preso dirigindo embriagado e tenta subornar a POLICIA

Na noite da última quinta feira por volta das 21 horas, policiais militares de Cornélio Procópio patrulhavam ostensivamente a área urbana da cidade, e decidiram policiar o bairro JARDIM PROGRESSO por onde passa a rodovia estadual PR 160. Durante a patrulha os militares notaram que um veículo trafegava de forma irregular, pois não deslocava em linha reta e invadia a pista contraria pela contra mão de direção, neste momento os agentes decidiram abordar o veículo o qual era conduzido por um homem morador da cidade de CONGONHINHAS/PR. Foi dada voz de abordagem policial sendo realizado busca pessoal no condutor e revista no veículo, sendo que nenhum objeto ilícito foi encontrado, mas durante a realização da ação policial, foi constatado pelos policiais que o condutor apresentava visíveis sintomas de embriaguez alcoólica, sendo este detido e conduzido para averiguações e providencias. Com a embriaguez constatada, o detido foi submetido ao exame do ETILOMETRO,  popularmente conhecido como “BAFÔMETRO”, que após realizado resultou em 1,77 decigrama de álcool por litro de sangue caracterizando infração gravíssima e crime de trânsito. O infrator estava com sua carteira nacional de habilitação vencida e não bastasse isso ainda tentou subornar a equipe policial, oferendo R$ 50,00 (reais) ao comandante da equipe para libera-lo, assim tentando fugir das rigorosas penalidades da lei. Vendo que sua tentativa de suborno não havia funcionado, o detido tentou usar de outro método para se safar da prisão e demais autuações que seria submetido, e passou a dizer que tinha um parente que era CORONEL DA POLICIA MILITAR, e que aqueles policiais seriam punidos, perseguidos e transferidos se ele não fosse liberado, ato conhecido como a famosa (CARTEIRADA) que quando funciona minimiza e esculacha com a autonomia da gloria policia, a malha protetora da sociedade.  Nenhuma de suas tentativas ilícitas funcionaram, os honrosos POLICIAIS MILITARES deram voz de prisão e o encaminharam para a DELEGACIA DE POLICIA onde o preso foi apresentado e autuado em flagrante delito pelos crimes de (DIRIGIR SOB INFLUENCIA DE ÁLCOOL, TENTATIVA DE SUBORNO E AMEAÇA), todos previstos no CPB – (CÓDIGO PENAL BRASILEIRO).

Art. 333 do CPB é crime – Oferecer ou prometer vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a praticar, omitir ou retardar ato de ofício:

Pena – reclusão, de 1 (um) ano a 8 (oito) anos, e multa.
Parágrafo único – A pena é aumentada de um terço, se, em razão da vantagem ou promessa, o funcionário retarda ou omite ato de ofício, ou o pratica infringindo dever funcional.
1 – Vale registrar o belo trabalho da policia militar de Cornélio Procópio que esta realizando um ótimo trabalho na cidade, além dos apoios fornecidos as outras equipes da PM na região, bem como apresentado um alto grau de profissionalismo, empenho e honestidade.
2 – Em outras ocasiões, policiais já disseram que é comum o conflito com pessoas que se consideram (INFLUENTES) durante as atuações da policia, muitas vezes nestes casos os policiais ao cumprirem com sua função são AMEAÇADOS por pessoas detidas que usam nomes de AGENTES DA AUTORIDADE de diversos poderes e posições, para intimidar os agentes da lei dizendo que tão logo serão punidos ou transferidos para outras localidades. No passado essas atitudes eram mais comuns e corriqueiras, mais atualmente isso tem um nome, (CRIME DE TRÁFICO DE INFLUENCIA) desta forma qualquer trabalhador e/ou servidor público quando se sentir prejudicado, deverá formalizar uma representação junto ao ministério público  para apuração do fato, estando o prejudicado sujeito a receber indenização e o pleno direito de retornar a sua posição e local de trabalho.
Edição: Sertanejanews.com
Foto: Reginaldo tinti – anuncifacil
 

 

Matérias Relacionadas

No Comments

Leave a Comment