Em Sertaneja policia registra briga e ameaças entre amigos de Trabalho

Nos últimos dias foi registrado pela Policia Militar local, um desentendimento entre duas pessoas que trabalham em um mesmo setor da comunidade, ambos são servidores públicos, deste modo a aproximação e a convivência profissional são normais e constantes, mas os desentendimentos também foram se aumentando, gerando brigas e ameaças, e para evitar um fato ainda mais grave uma das partes optou em procurar pela policia e registrar o fato para futuras providências judiciais. Segundo o denunciante, os motivos que estenderam o fato à brigas e ameaças, foram em virtudes de BRINCADEIRAS DE MAL GOSTO, sendo assim interpretadas pelo comunicante e incomodado. O denunciante relatou que o colega de trabalho e acusado dos fatos, constantemente e de forma camuflada iria até sua motocicleta que permanecia estacionada no local onde está lotado para trabalhar, e retirava o “CACHIMBO DA VELA DE IGNIÇÃO” do veículo, assim impedindo que quando fosse realizar o mecanismo de partida do motor, o mesmo insistia na partida, mas com a conexão retirada a partida do motor não era realizada, e que devido o desconhecimento do ocorrido e a insistência na partida de ignição, isso servia de motivos de muita DIVERSÃO e SARROS por parte do autor da brincadeira passando a incomoda-lo. Segundo o denunciante era visível que o acusado de longa distância se divertia com o fato, e que posteriormente fazia comentários desagradáveis na intenção de ajuda-lo no mecanismo “supostamente” defeituoso o qual se apresentava. Com a ocorrências se repetindo por diversas vezes, o denunciante buscou informações de quem estaria realizando as brincadeiras de mal gosto, e assim chegando até o acusado, que quando tomou conhecimento partiu para agressões físicas, realizando ameaças de agredi-lo caso não voltasse atrás com as acusações. Notando que o fato poderia se agravar, o denunciante optou em registrar o fato na policia, sendo devidamente atendido e orientado de quais providências deveria tomar, caso desejasse formalizar representação de queixa/crime na devida autoridade policial, sendo informado que tal situação era de natureza de AÇÃO PENAL PÚBLICA CONDICIONADA, havendo a necessidade da representação da vitima/prejudicado em querer providências na justiça. 

O site SertanejaNews buscou algumas orientações com profissionais da área policial e de um orientador profissional (Psicologo), que comentaram o fato e aproveitaram para passar algumas orientações úteis para a boa convivência em ambientes de trabalho. Juntos eles disseram: O primeiro passo é procurar conhecer profundamente seus amigos e colegas de trabalho, dando ênfase nos detalhes de CARACTERÍSTICAS, PACIÊNCIA e PERSONALIDADES de cada indivíduo. Depois é necessário a sua apresentação e a busca da apresentação dos colegas ao seu redor, isso lhe trará importantes informações para o conhecimento de quem está ao seu lado. O diálogo é fundamental na convivência humana, priorizando os assuntos e temas agradáveis, evitando debater assuntos que podem gerar conflitos de opiniões como: POLÍTICA, RELIGIÃO e FUTEBOL, esses temas são complexos e na maioria das vezes levam a conflitos, brigas e desentendimentos em todos os setores da humanidade, resultando em futuras provocações e insinuações pragmáticas. E por fim sendo possível a amizade paralela com o companheiro (a) de trabalho, isso deverá ser mantido e valorizado, mas caso analise que o contato deve ser restrito, mantenha o foco e o contato apenas nas questões profissionais, evitando especulações e perguntas sobre a vida pessoal e intima da pessoa. Uma boa dose de RESPEITO jamais fará mal para alguém, respeitando o amigo (a), o companheiro (a) o parceiro (a) de trabalho, você terá todo o direito de exigir o respeito também, e este remédio é de graça, devendo estar na vida e em diversos ambientes onde está presente o ser humano, não só em ambientes de trabalho.

EDIÇÃO: Sertanejanews.com