SERTANEJA – Eleição para Conselheiros Tutelares no próximo Domingo

No próximo Domingo dia 06 de Outubro de 2019, será realizado em todo o Brasil, a eleição para eleger os novos CONSELHEIROS TUTELARES para um mandato de quatro (4) anos. Em Sertaneja, temos 22 candidatos (as) inscritos, abaixo, segue os nomes que constarão nas urnas e seus respectivos números para registro do voto;

  • Ademir Custódio da Silva – n ° 250
  • Adriana Navier – n° 200
  • Alcir Picoloto – n° 515
  • Tina do Paranagí – n° 155
  • Arthur Lehnem – n° 222
  • Carla Cristina Geraldo – n° 500
  • Branca do Paranagí – n° 300
  • Cleide Souza Stellato – n° 111
  • Débora Oliveira – n° 144
  • Eduardo Chapeiro – n° 555
  • Fabiana Yoshi Vieira – n° 220
  • Hilda Mara – n° 151
  • Fernanda Araujo Zucoloto – n° 333
  • Jonatas Sena – n°122
  • Zezinho do Paranagí – n° 600
  • Kellen Melchior – n°190
  • Leo Baratela – n° 150
  • Leonardo Ignez – n° 159
  • Cristina do Bodão – n° 777
  • Patrícia Soares – n° 123
  • Renata da Silva – n° 133
  • Zilá – n° 667

A votação em Sertaneja será realizada na escola municipal Luiz Valério e no distrito do Paranagí na escola Ana Nery, sendo que em ambos os locais a votação iniciará às 08 horas da manhã e terminará às 17 horas. Poderão votar todos os cidadãos e cidadãs acima de 16 anos inscritos como eleitores em Sertaneja e distrito do Paranagí, porém o voto é FACULTATIVO, ninguém é obrigado a votar. Para votar a pessoa deverá levar o título de eleitor que é (opcional), mas será OBRIGATÓRIO apresentar um documento de identificação com foto podendo ser (Carteira de Identidade – RG, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho, Documento Nacional de Identificação – DNI ou Passaporte). Cada eleitor poderá votar apenas uma vez e em um único candidato (a), e não será aceito e válido voto através de PROCURAÇÃO.

CONSELHEIRO (A) TUTELAR – Com atribuições previstas no artigo 136 do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), o conselheiro tutelar atende crianças e adolescentes diante de  situações de violação de direitos.  Também é papel do conselheiro atender e aconselhar os pais ou responsáveis dessas crianças e adolescentes. A partir do atendimento, o profissional aplica medidas de proteção. Os casos chegam ao Conselho Tutelar de diversas maneiras, encaminhados por unidades policiais, Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou até escolas. Isso acontece quando há abandono ou violência por parte de familiares. Algumas famílias também buscam o órgão por iniciativa própria, em busca de seus direitos, com demandas em educação, saúde ou até conflitos como disputa pela guarda dos filhos. Como o Conselho Tutelar é um órgão público do município, vinculado à Prefeitura e autônomo em suas decisões, a legislação varia de cidade para cidade, mas há alguns critérios básicos. Cada município deve ter no mínimo um Conselho Tutelar composto por cinco (5) membros, escolhidos pela comunidade por eleição direta para mandato de quatro anos, permitida uma recondução. Para ser conselheiro tutelar é preciso ter e conhecida idoneidade moral, idade superior a 21 anos e residir no município. O site Sertanejanews.com convida todos os eleitores cadastrados no município de Sertaneja para participarem dessa eleição, registando o voto no candidato (a) de sua preferência, assim exercendo seu direito constitucional e promovendo o fortalecimento da democracia. A todos os candidatos e candidatas desejamos uma boa sorte.

EDIÇÃO: Sertanejanews.com